O Centro de Ensino Superior de Homeopatia IBEHE-EIRELE, mantenedora da Faculdade de Ciências da Saúde de São Paulo- FACIS é fruto da evolução do trabalho de um grupo de profissionais de notória experiência na área de saúde, que tinham em comum, ideias relativas à educação, saúde e meio ambiente, através de convênios com Instituições renomadas de Ensino como: a Universidade de Ribeirão Preto- UNAERP-FAEPE, e a Universidade Estadual do Rio de Janeiro- UERJ- NUSEG.

Em 26 de Janeiro de 1991 inicia seu curso de Pós-graduação Lato senso em Homeopatia, onde a necessidade de atender aos alunos não só no quesito da bibliografia básica e complementar indicada pelo plano pedagógico do curso de Homeopatia acabou concretizando a criação da Biblioteca Benoit Mure.

Entendendo que uma Instituição de Ensino não pode limitar-se apenas a sua área de atuação, mas que antes disso, tem um papel de informar. O acervo que antes era direcionado para o ensino e pesquisa da Homeopatia ampliou-se abrangendo as áreas de filosofia, psicologia, fitoterapia e metodologia cientifica.

A partir de 1993, os cursos de Pós-graduação lato senso em Psicologia Junguiana, Psicossomática e Acupuntura foram criados e exigiram uma ampliação maior, diversificando o acervo, no que já atendida pela direção da IES.

Em 1997, o Centro de Ensino Superior de Homeopatia- IBEHE ampliou ainda mais seu acervo visando atender as necessidades das disciplinas constantes do Plano Pedagógicos do curso de Graduação de Ciências Biológicas, atendendo inclusive requisitos da legislação pertinente.

A portaria MEC 941 de 28 e Agosto de 1998, publicada pelo Diário Oficial da União em 31 de Agosto de 1998 autoriza o curso de Ciências Biológicas, a ser ministrado pela Faculdade de Ciências de Saúde de São Paulo- FACIS, mantida pelo Centro de Ensino Superior de Homeopatia- IBEHE.

Nesse ínterim, a Biblioteca preparou-se não só para o curso de graduação em Ciências Biológicas, Bacharel e Licenciatura, mas também para receber alunos de outros diferentes cursos ministrados pela FACIS desde essa época.

Atualmente a biblioteca Benoit Mure, tem cerca de 10.000 exemplares, com uma nova infraestrutura composta por computadores, rede Wi-Fi, ar condicionados, salas de estudo em grupo, e cabines individuais, atendendo inclusive aos requisitos de acessibilidade.